Cine-Teatro Louletano

Monstrare | VI Mostra Internacional de Cinema Social

De 15 a 18 de janeiro de 2020

[local: Auditório do Solar da Música Nova, em Loulé]

 

“Monstrare”, palavra latina que significa tornar algo visível, ou denunciar, dá novamente o mote para a 6.ª edição da Mostra Internacional de Cinema Social promovida pela Câmara Municipal de Loulé/Loulé Film Office. Este é o primeiro evento em Portugal dedicado exclusivamente ao cinema sobre temáticas sociais, sendo também o primeiro evento de cinema na Europa em 2020. Além da apresentação de filmes (curtas e longas metragens) e de um documentário, haverá ainda espaço para conversas com realizadores e um workshop na área audiovisual.

 

 

// PROGRAMA

>> 15 jan (quarta-feira) | 21h00
Short Films Day (Portugal)
No limiar do pensamento, de António Sequeira
Egeu, de Tomás Barão da Cunha e Raul Fretes
Direito à Memória, de Rúben Sevivas


>> 16 jan (quinta-feira) | 21h00
Longa-metragem com a presença do realizador
Carga, de Bruno Gascon (Portugal)

Sinopse
Viktoriya (Michalina Olszanska) é uma jovem russa que sonha com um futuro melhor. António (Vítor Norte) é um camionista português a enfrentar graves dificuldades financeiras e que apenas deseja sustentar a família. Os seus caminhos vão cruzar-se quando ele é contratado para fazer o transporte de um grupo de imigrantes ilegais. Mas o que António acaba por descobrir mais tarde é que, ao aceitar aquele trabalho, acabou por, involuntariamente, entrar num perigoso esquema de tráfico de seres humanos.
Rodado em Belmonte, Fundão, Covilhã e Castelo Branco, uma história dramática sobre os meandros da exploração sexual e escravidão que marca a estreia na realização em longa-metragem de Bruno Gascon. Para além de Olszanska e Norte nos papéis principais, o filme inclui ainda Rita Blanco, Miguel Borges, Ana Cristina Oliveira, Dmitry Bogomolov, Duarte Grilo e a modelo internacional Sara Sampaio.


>> 17 jan (sexta-feira) | 21h00
Documentário com a presença do realizador
Doutores Palhaços, de Hélder Faria e Bernardo Lopes (Portugal)

Sinopse
Onde o sofrimento impera, os Doutores Palhaços, especialistas em sorrisos, avivam a esperança e aliviam a dor aos pacientes, familiares e corpo clínico dos hospitais. O seu efeito junto de quem mais precisa é desvendado ao longo do documentário, que acompanha as equipas presentes em cinco dos quinze hospitais nacionais abrangidos pelas visitas da Operação Nariz Vermelho: IPO de Lisboa, Hospital D. Estefânia, Hospital Amadora-Sintra, Hospital Pediátrico de Coimbra e Centro Materno Infantil do Norte. O filme explora a missão dos Narizes Vermelhos desde a sua fundação em 2002 – altura em que Beatriz Quintella, a Dra. Da Graça, propôs ao Hospital D. Estefânia levar a sua personagem de palhaço às crianças – até aos dias de hoje.


>> 18 jan (sábado) | 21h00
Longa-metragem
Made in Bangladesh, de Rubaiyat Hossain (França, Bangladesh, Dinamarca, Portugal)

Sinopse
Shimu, 23 anos, trabalha numa fábrica de têxteis em Daca, Bangladesh. Face a condições de trabalho cada vez mais duras, decide criar um sindicato com as suas colegas. Apesar das ameaças dos patrões e desaprovação do marido, nada demove Shimu. Ela e as suas companheiras terão de lutar juntas até ao fim.


>> Workshop
17 jan | 14h00 às 19h00
18 jan | 11h00 às 13h30 / 14h30 às 16h00 (com exibição dos exercícios realizados no âmbito da formação)

Sinopse
Nos dias 17 e 18 de janeiro decorre no Auditório do Solar da Música Nova um workshop intensivo na área dos audiovisuais. Esta formação é organizada pela ShortCutz Faro, apresentando vários formadores que darão a conhecer aos destinatários ensinamentos sobre as várias fases do processo de produção de um filme.

 

 

// Org.: Loulé Film Office (Câmara Municipal de Loulé)
Apoio: Cineteatro Louletano

www.facebook.com/loulefilmoffice
www.facebook.com/cineteatrolouletano

  • Auditório do Solar da Música Nova (Loulé) [lotação limitada]
  • Ver programa específico
  • Entrada gratuita
  • Público em geral